FIES 2016 NOVAS REGRAS – INSCRIÇÃO – COMO FUNCIONA O SISFIES

FIES 2016 NOVAS REGRAS – INSCRIÇÃO – COMO FUNCIONA O SISFIES – O Programa Fies (Fundo Financiamento Estudantil) criado pelo MEC no mês de julho de 2001, tem como objetivo financiar os estudantes que desejam entrar em um curso do Ensino Superior pago, ou seja, dar oportunidade a todos os estudantes em diferentes classes sociais de ingressar na Faculdade e assim poder ter melhores condições de vida, através de suas formações. Para quem não sabe os bancos que financiam o FIES são: Caixa Econômica e o Banco do Brasil.

INSCRICOES-FIES-2016

Importante dizer que o ano de 2016 será diferente, de acordo com o MEC o FIES 2016 terá novas regras como:

O estudante deverá Ter participado do Enem, comprovar nota mínima de 450 pontos e não zerar a redação para afirmar novos contratos. As mudanças nas regras de concessão do financiamento constam da Portaria Normativa n° 7/2015 do MEC publicada no Diário Oficial da União, e essas regras entrarão em vigor no dia 01 de janeiro de 2016.

COMO FUNCIONA O FIES – INSCRIÇÃO DO SISFIES

Primeiramente quero falar das condições do financiamento na qual no segundo semestre de 2015 a taxa de juros subiu para 6,5% ao ano, antes era 3,4%. Saiba que no período do curso, o estudante deverá pagar, a cada três meses, o valor máximo de até R$ 150,00, referente ao pagamento de juros incidentes sobre o financiamento. Depois de concluir o curso, o estudante terá 18 meses de carência para começar a pagar o financiamento. Lembrando que nesse tempo de carência deverá continuar pagando, a cada três meses, o valor de até R$ 150,00. Encerrando o período de carência, o financiamento pode ser pago pelo estudante em até três vezes o período financiado do curso.

REQUISITOS PARA SE INSCREVER NO FIES

  • Além das novas regras que citamos acima o estudante:
  • Não tem formação em curso superior.
  • Tenha renda familiar mensal bruta, por pessoa, de até dois e meio salários mínimos.

Algumas exceções independentemente de terem participado do Enem, nas quais se enquadrem em um dos perfis:

  • Estudantes que tenham concluído o ensino médio antes de 2010
  • Professores do quadro permanente da rede pública de ensino, em efetivo exercício na educação básica, desde que se inscreveram em cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia na sua área de atuação. Nesse caso, podem participar também os professores que já tenham concluído curso superior.

Os estudantes que tiverem esses requisitos para se inscreverem no Fies deverá acessar fiesselecaoaluno.mec.gov.br no período de inscrição que será divulgado pelo MEC.

Para obter sucesso no cadastro o estudante deverá informar o CPF e a data de nascimento, a partir desses dados o sistema já irá averiguar se o candidato participou do Enem a partir da edição de 2010. Na verificação do Enem, tendo prova que o estudante obteve nota mínima de 450 pontos e não zerou a redação o sistema solicitará que o candidato cadastre a senha e um e-mail, depois de concluir o cadastro o sistema irá enviar no seu e-mail a confirmação do cadastro. Vale lembrar que além dos dados pessoais o estudante deve informar o número de registro no CPF dos membros do grupo familiar com idade igual ou superior a 14 anos, as respectivas datas de nascimento e a renda abruta mensal de cada componente do grupo familiar.